Após temporada de reformas, o Projeto Comunidade Samba do Monte volta à ativa para promover, entre outros projetos, as oficinas culturais do "Ajayô do Samba do Monte". Para participar, basta preencher uma ficha de inscrição online - as vagas são limitadas.

divulgação

Créditos: divulgação

Seo Carlão do Peruche

Com o intuito de resgatar as origens e debater a continuidade do gênero, as oficinas "Surgimento do Samba" e "Samba nas Periferias de São Paulo" acontecem a partir do dia 17 de agosto, sempre às quintas-feiras, das 19h às 21h30, no Centro Cultural Monte Azul. Entre os palestrantes estão Seo Carlão do Peruche, o radialista Moisés da Rocha, e os sambistas Marquinhos Dikuã e Raquel Tobias.

Saiba mais:

Quintas-feiras - de 17/08 a 28/09 - 19h30 às 21h30

Oficina: Surgimento do Samba

Fruto da mistura de ritmos e tradições, o samba é talvez o gênero mais brasileiro de todos, o que simboliza o Brasil e o seu povo. Nos encontros sobre o surgimento do samba, Moisés da Rocha e Marquinhos Dikuã apresentam uma visão do universo do samba a partir das suas vivências.

Marquinhos Dikuã é cantor e compositor. Nascido e criado na periferia da Zona Sul de São Paulo. Lançou em 2005, seu 1° CD “Aprendiz” e em 2012 o seu mais novo trabalho, o CD “Malandreio” produzido por Maurílio de Oliveira, do aclamado grupo de samba Quinteto em Branco e Preto.Já se apresentou ao lado de artistas como Bocatto, Paulo Vanzolini, Luis Carlos da Vila, Quinteto em Branco e Preto, Moraes Moreira, entre outros.

Moisés da Rocha é radialista e produtor do programa que criou, o Samba Pede Passagem está nas ondas do radio há quase 40 anos, homenageando artistas e compositores como abrindo espaço para novos artistas. Atualmente seu programa é veiculado nos finais de semana.

Quintas-feiras - de 17/08 a 28/09 - 19h30 às 21h30

Oficina: Samba nas Periferias de São Paulo

O que representa o samba nas bordas da cidade e como ele é tratado hoje são os assuntos dos encontros sobre o samba nas periferias de São Paulo. Seo Carlão do Peruche e Raquel Tobias falam sobre os movimentos de samba surgidos nos anos 1990, a resistência cultural que defendem e como se firmam nos locais onde surgem.

Raquel Tobias é sambista e compositora de Embu das Artes, mostra sua veia artística nas rodas de samba da cidade. Atualmente participa de um projeto que traz como protagonista no ritmo, com título "Mulher Escrita", no bairro da Lapa.

Integrante da mais antiga escola em atividade, a mítica Lavapés, e grande conhecedor das origens, tradições e do jongo e o congado, Seo Carlão também fundador do G.R.C.S.E.S. Unidos do Peruche.

Mais sobre o Samba do Monte

Fundado em 2008, o Projeto Comunidade Samba do Monte tem como objetivo o resgate e o fortalecimento de atividades sócio-culturais com a população por meio da música e da cultura afro-brasileira.

Liderado, organizado e concebido pelo Jaime Diko Lopes, o projeto promove o encontro de diferentes gerações de sambistas, unificando a vanguarda à velha guarda, além de ocupar os espaços públicos da cidade e abrir oportunidade para a música autoral.

Dona Ivone Lara, Jovelina Pérola Negra, Fabiana Cozza, Leci Brandão, Paulinho da Viola e João Nogueira são algumas figuras importantes do samba que já foram homenageadas pela roda do bairro Jardim Monte Azul.

Oficinas Culturais do "Ajayô do Samba do Monte"

17 Ago
a
28 Set

De 17/08 a 28/09:  Quintas às 19:00

Centro Cultural Monte Azul
Avenida Tomás de Sousa, 552 Jardim Monte Azul São Paulo - SP (11) 5853-8080
Estação Giovanni Gronchi (Metrô - Linha 5 Lilás)
Catraca Livre
add Google Agenda