As comunidades Pagode da 27, Samba da Laje e Samba da Vela se apresentam neste sábado, dia 2 de setembro, no Sesc Interlagos. A apresentação gratuita tem início às 14h.

Créditos:

A rapaziada do Pagode da 27 integra a apresentação neste sábado, dia 2

Pagode da 27

Fundada em 2005, a roda surgiu a partir da reunião de sambistas na Rua Manoel Guilherme dos Reis - mais conhecida por Rua 27. Entre seus objetivos, estão a preservação das raízes do samba e a revelação de novos talentos. Atualmente, o Pagode da 27 conta com 11 músicos e cerca de 20 compositores.

Samba da Laje

Criado em 1997, o Samba da Laje reúne músicos do bairro para uma tarde de samba acompanhado da famosa feijoada de Dona Generosa, saudosa líder do samba. O que inicialmente era uma festa familiar tornou-se uma das principais rodas da zona sul de São Paulo.

Samba da Vela

Fundada em 2000, a Comunidade Samba da Vela tem como objetivos devolver aos moradores do bairro a auto-estima por meio da música e revelar novos compositores da região. Outra de suas fortes características é a multiplicidade da faixa etária que frequenta o evento.

Magnu Sousá, Maurílio de Oliveira, Chapinha e Paquera foram os idealizadores deste movimento cultural, que ganhou uma proporção inimaginável em representatividade para a nova geração do samba.

Encontro de comunidades de samba no Sesc Interlagos

02 Set

Sáb 02/09  às 14:00 

Sesc Interlagos
Avenida Manuel Alves Soares, 1100 Parque Colonial São Paulo - SP (11) 5662-9500
Catraca Livre
add Google Agenda