A rapaziada do Pagode da 27, que se reúne aos domingos para uma animada roda de samba no Grajaú, localizado na zona sul de São Paulo, prepara uma edição especial para acompanhar a estreia do Brasil na Copa do Mundo neste domingo, dia 17.

evento acontece a partir das 16h e o samba come solto após a partida contra a Suíça. A entrada corresponde a doação voluntária de 1 kg de alimento não perecível.

Merylin Esposi/ Samba em Rede

Créditos: Merylin Esposi/ Samba em Rede

A roda acontece todos os domingos no Grajaú

No repertório, além de composições próprias, a roda impressiona com clássicos de Bezerra da Silva, Dona Ivone Lara, Jovelina Pérola Negra, Candeia, Fundo de Quintal e outros bambas do gênero.

Fundada no dia 26 de agosto de 2005, a roda surgiu a partir da reunião de sambistas na Rua Manoel Guilherme dos Reis - mais conhecida por Rua 27. Entre seus objetivos, estão a preservação das raízes do samba e a revelação de novos talentos.

Em 2010, o Pagode da 27 lançou seu primeiro trabalho, um disco com 17 faixas chamado "A Comunidade Chegou". O álbum tem composições próprias e trazem uma mescla de ritmos e referências que versam, com sutileza, sobre temas atuais como a desigualdade social e expõem um pouco da complexidade da vida na periferia.

Seu segundo álbum, "Filhos da Favela", veio em 2012, trazendo uma sonoridade mais abrangente e reforçando a bandeira das composições autorais. O registro conta com participações de Criolo, Reinaldo, Quinteto em Branco e Preto, Carica, Almirzinho e Luizinho SP. Atualmente, o Pagode da 27 está em fase de preparação de seu terceiro disco.

Escute Pagode da 27 no Spotify: 

  • + samba e futebol: 

Rodas de samba para acompanhar a estreia do Brasil na Copa

Pagode da 27

17 Jun

Dom 17/06  às 16:00 

Pagode da 27
Rua Manuel Guilherme dos Reis, 500 Parque Grajaú São Paulo - SP
Catraca Livre
add Google Agenda