Samba em Rede completa 5 anos de atividade e sobram motivos para comemorar: hoje atingimos mais de 1,5 milhão de pessoas por mês. Lançado dia 2 dezembro de 2013, data em que é comemorado o Dia Nacional do Samba, o Samba em Rede apresenta a agenda mais completa da programação de samba do eixo Rio-São Paulo, mapeando o maior número possível de eventos relacionados ao gênero nas duas cidades.

Por mês, são mais de 600 mil usuários únicos visitando o site e mais de 1,2 milhões de acessos/mês. No facebook, a audiência semanal é de mais de 42 mil. No Instagram, contamos com 17.300 pessoas e 2.775 visitas por mês.

divulgação

Créditos: divulgação

Samba em Rede celebra 5 anos de atividade

Algumas das matérias de maior sucesso são as que tratam dos blocos de Carnaval (e pré-Carnaval) paulistano, evento que tem tido uma cobertura especial por parte do canal desde 2014. O Carnaval de 2018, por exemplo, teve mais de 700 notas sobre desfiles, ensaios, festas, etc, na cidade de São Paulo.

A cobertura do Samba em Rede extrapola o período carnavalesco: mensalmente são mais de 70 comunidades e projetos de samba em São Paulo, além da programação de bares e casas de samba espalhadas por São Paulo e Rio de Janeiro.

O Samba em Rede também busca ser o canal que coloca o samba em evidência resgatando e difundindo a história de um dos principais gêneros populares do país. Através do reconhecimento de figuras e manifestações do samba - mesmo que desconhecidas no mainstream -, procuramos dar voz a todos e às tradições que se perdem pela falta de registro.

Dessa forma, o website contribui para a formação de público e dá visibilidade à produção cultural independente do samba, democratizando as iniciativas e facilitando o acesso do público às mesmas, além de preservar a memória de um dos gêneros mais populares do país.

Em clima de celebração dos nossos 5 anos, criamos conteúdos exclusivos em forma de listas com cinco dicas, como por exemplo: "5 rodas de samba na Zona Sul de São Paulo", "5 feijoadas com roda de samba no Rio de Janeiro", "5 coberturas fotográficas do Samba em Rede" e "5 mulheres do mundo do samba".