A luta e a resistência de Hilária Batista de Almeida, a Tia Ciata

Há 94 anos, esta matriarca da música popular brasileira morreu, deixando como legado a preservação dos cultos de matriz africana e a propagação do samba.